Rondônia

Quase 50 mil doses da vacina contra Covid-19 chegarão em Porto Velho nesta terça (19)

segunda-feira, 18/01/2021 - 20:14

Porto Velho, RO – Em coletiva de imprensa realizada na tarde desta segunda-feira (18), o governador do estado, Marcos Rocha e o secretário estadual de saúde, Fernando Máximo, concederam informações sobre a chegada de quase 50 mil doses da vacina CoronaVac. A previsão é que o avião com as vacinas desembarque na capital por volta das 5h desta terça (19).

O governador Marcos Rocha anunciou que 49.200 doses da vacina CoronaVac fazem parte da remessa de vacinas enviadas para Rondônia. Sobre a obrigatoriedade de se vacinar, o governador afirmou que nenhum cidadão será obrigado a ser vacinado, porém, com o passar dos dias, as pessoas voluntariamente irão se vacinar ao ver que não haverá problemas com a vacina. “Mesmo com a vacinação, o uso de máscaras e distanciamento social ainda são necessários até que a imunização de fato aconteça”, comentou Rocha.


Em conversa com o presidente Jair Bolsonaro, na manhã de hoje, o governador afirmou que comentou sobre as atuações do Governo de Rondônia, atendendo inúmeras pessoas do Amazonas. Devido a proximidade e estrutura do estado, os cidadãos amazonenses procuram por atendimento em Rondônia. “Precisamos cuidar uns dos outros e é assim que a gente vai vencer essa guerra terrível que devastou vários países”, finalizou o governador.


O secretário Fernando Máximo lamentou os óbitos ocorridos no estado, e ressaltou a taxa de 1,8% de mortalidade em decorrência da Covid-19, salientando que este é um dos menores índices do país. Máximo destacou ainda a luta incessante na contratação de médicos para atender as localidades mais distantes. “Não queremos ser o estado do Amazonas e nem deixar acontecer aqui, o que aconteceu lá”, comentou.


Máximo afirmou que não há como iniciar a vacinação ao mesmo tempo em todas as localidades devido à distância entre os municípios. Usando Pimenteiras e Candeias do Jamari como exemplos, o secretário comentou que não há como um município receber as vacinas e ter que aguardar horas até que as vacinas cheguem em outra localidade para só então começar a vacinar as pessoas. Com a chegada das vacinas nesta terça (19), o secretário afirmou que a população precisa continuar conscientizada, usando máscaras e evitando aglomerações.

Fonte: Lente Nervosa

Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email