quarta-feira, 24 de julho de 2024
Search
Close this search box.

No dia da vacina BCG, Semusa destaca a importância do imunizante para a saúde pública

Dose previne as pessoas das formas graves da tuberculose

Nesta segunda-feira (1º) é celebrado o Dia da Vacina BCG. O imunizante é recomendado para combater as formas graves da tuberculose. Na capital, a Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), alerta sobre a importância dessa vacina.

Publicidade

A BCG é uma vacina em dose única, aplicada logo nos primeiros momentos de vida da criança. Ela é assegurada pelo Estatuto da Criança e do Adolescentes (ECA), sendo um direito assim que o bebê nasce.

Em Porto Velho, o imunizante é aplicado na Maternidade Municipal Mãe Esperança (MMME), logo nas primeiras horas de vida, na maternidade do Hospital de Base e também no Centro Integrado Materno Infantil (Cimi), que atende as crianças que nasceram em unidades particulares ou em outros locais.

Maria Alzenir, diretora da MMME, conta como o trabalho é realizado na unidade e destaca a importância. “Assim que os bebês vêm ao mundo, nossas equipes de imunização já entram em ação para garantir a vacinação completa dessas crianças. É um trabalho de rotina, mas gratificante, pois sabemos que com cada dose que elas recebem, teremos a certeza que irão se desenvolver bem e com saúde”.

Vacina deve ser aplicada preferencialmente nos primeiros momentosVacina deve ser aplicada preferencialmente nos primeiros momentos

Dados da plataforma Localiza SUS, do Ministério da Saúde, apontam que 73,77% da população alvo foi imunizada em Porto Velho. Apesar de ser um resultado expressivo, continua aquém da meta, que é 90% de cobertura.

Publicidade

Elizeth Gomes, coordenadora de Imunização da Semusa, explica que a BCG é uma vacina segura e eficaz. “Todas as vacinas aplicadas pela Semusa possuem certificação de segurança, através da Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa), e a BCG é uma dessas. Ela protege as pessoas das complicações da tuberculose, na infância, adolescência e posteriormente na vida adulta. Isso é um ganho fundamental e importante para a saúde pública, por isso eu digo, viva o SUS”.

ONDE VACINAR

Para as mamães que não deram a luz na Maternidade Municipal Mãe Esperança ou na maternidade do Hospital de Base, o imunizante está disponível na sala de vacinação da MMME, todas as segundas e quintas-feira, das 8h às 12h.

A vacina deve ser aplicada preferencialmente nos primeiros momentos de vida ou até os 5 anos de idade incompletos.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.