quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Polícia Federal prende sete pessoas, apreende 11 armas e dinheiro durante operação contra tráfico de drogas

As investigações tiveram início em 2022, após a prisão em flagrante de duas pessoas transportando um total de 315 kg de cocaína em situações distintas.

Nesta quarta-feira (7/2), a Polícia Federal, com o apoio da Polícia Militar de Rondônia, deflagrou a Operação Regresso, visando desarticular uma organização criminosa especializada no tráfico interestadual de drogas. A ação resultou na execução de 11 de prisões e 16 mandados de busca e apreensão nas cidades de Ji-Paraná/RO, Alto Alegre dos Parecis/RO, Jaru/RO e Manaus/AM, todos expedidos pela Vara Criminal de Vilhena/RO.

Publicidade

Com a participação de 60 policiais federais e equipes da Polícia Militar de Rondônia, a operação culminou na prisão preventiva de quatro pessoas e na detenção em flagrante de outras três. Além disso, foram apreendidas 11 armas de fogo, aproximadamente mil munições, cinco veículos e cerca de R$ 60 mil em espécie.

As investigações tiveram início em 2022, após a prisão em flagrante de duas pessoas transportando um total de 315 kg de cocaína em situações distintas. Durante o decorrer das investigações, mais 400 kg da mesma substância foram apreendidos com indivíduos associados à organização criminosa.

Os investigados responderão pelos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e lavagem de capitais, podendo ser condenados a penas que ultrapassam 40 anos de prisão, de acordo com a participação de cada um nos delitos.

O nome “Regresso” atribuído à operação faz referência ao retorno de diversos investigados à prática de crimes anteriormente cometidos. A ação representa mais um passo importante das autoridades no combate ao tráfico de drogas e à criminalidade organizada no país.

Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.