sábado, 20 de julho de 2024
Search
Close this search box.

Enfermeira grávida de oito meses é morta a tiros no ES

O corpo foi encontrado às margens de uma estrada rural do município apenas na última segunda-feira (15/1).

Íris Rocha, de 30 anos, foi morta a tiros em Alfredo Chaves, na Região Serrana do Espírito Santo (ES), na quinta-feira (11/1). O corpo da mulher, que estava grávida de oito meses, foi encontrado às margens de uma estrada rural do município apenas nesta segunda-feira (15/1).

Publicidade

A perícia da Polícia Civil (PC) informou que a enfermeira foi atingida por, pelo menos, dois disparos na região do tórax e que o corpo de Íris foi encontrado coberto com cal na estrada que liga Matilde à comunidade de São Bento de Urânia, localizada na mesma cidade.

O corpo da mulher foi levado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do estado, e, após passar por exames, foi liberado para a família.

Ao g1, a Polícia Civil informou que o caso é investigado pela Delegacia de Polícia de Alfredo Chaves e que não há indícios do envolvimento de nenhum servidor da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES). Ainda de acordo com a Polícia Civil, para que a investigação seja preservada, nenhuma outra informação será repassada.

A enfermeira Íris Rocha era mãe de um menino de oito anos e estava grávida de oito meses. A mulher morava em Jacaraípe, na Serra, Grande Vitória e seu velório será realizado na manhã desta terça-feira (16/1) e o sepultamento será no Cemitério Jardim da Paz, na Serra.

Publicidade
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.