Polícia

Homem é confundido com integrante de facção e após ser espancado desaparece em mata no Morar Melhor

Uma testemunha, que prefere não se identificar, informou para a reportagem que membros da facção do Morar Melhor capturaram o homem e lhe agrediram com socos, chutes e ao menos quatro garrafadas na cabeça.

Por JH Notícias

segunda-feira, 05/07/2021 - 10:03 • Atualizado 10:04
Homem é confundido com integrante de facção e após ser espancado desaparece em mata no Morar Melhor

No final da noite deste domingo (4), a Polícia Militar foi acionada para comparecer ao Condomínio Morar Melhor, no Bairro Aeroclube, zona sul da capital, após denúncia de desaparecimento de um homem. Dois amigos, identificados como Rafael, 25 anos e Ueliton, 28 anos, foram ameaçados por integrantes de facção no Condomínio Morar Melhor, no Bairro Aeroclube, zona sul da capital.

Ueliton foi buscar seu filho no Condomínio Morar Melhor juntamente com seu amigo Rafael, porém, enquanto eles estavam na Rua 8, na segunda etapa do empreendimento, entre 10 a 15 homens, supostamente de facção criminosa, abordaram os dois e questionaram sobre o que eles estariam fazendo ali. As vítimas foram obrigadas a entrarem na mata que tem ao lado do condomínio, porém, Rafael aproveitou o descuido dos homens e correu gritando por ajuda.

Uma testemunha, que prefere não se identificar, informou para a reportagem que membros da facção do Morar Melhor capturaram o homem e lhe agrediram com socos, chutes e ao menos quatro garrafadas na cabeça. Os celulares das vítimas e a chave da motocicleta de Rafael foram pegos pelos suspeitos. Rafael foi até um condomínio ao lado do Morar Melhor e acionou a Polícia Militar. Uma guarnição patrulhou pela área e os policiais entraram na mata, mas não encontraram Ueliton.

Após chegar em casa, na zona leste da capital, Rafael ligou novamente para a Polícia Militar e informou que seu amigo Ueliton ainda não havia dado sinal de vida. Duas guarnições foram com o rapaz até o Morar Melhor e realizaram patrulhamento pelo local. Em uma das ruas, Rafael avistou um dos homens envolvidos na situação, mas o suspeito abandonou a bicicleta em que estava e fugiu correndo, alertando os amigos sobre a presença da polícia.

Após várias diligências pelo local, Ueliton não foi localizado.

 

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email