Polícia

Polícia Civil e Militar deflagram operação e prendem membros de facção no Orgulho do Madeira

O objetivo da operação é prender envolvidos em homicídios praticados no próprio Orgulho do Madeira, além de participantes em torturas.

Por JH Notícias

quinta-feira, 20/05/2021 - 14:24 • Atualizado 18:37
Polícia Civil e Militar deflagram operação e prendem membros de facção no Orgulho do Madeira

Porto Velho, RO – Nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (20), a Polícia Civil deflagrou a Operação Efésios 5:6 no Condomínio Orgulho do Madeira, localizado na Rua Osvaldo Ribeiro, Bairro Socialista, zona leste da capital. Na operação que teve apoio de dezenas de policiais militares, quatro pessoas foram presas, sendo três homens e uma mulher.

O objetivo da operação é prender envolvidos em homicídios praticados no próprio Orgulho do Madeira, além de participantes em torturas. Motivados por guerra entre facções criminosas, os crimes de tortura e homicídio chocaram a comunidade pela brutalidade com que foram praticados. Em um dos crimes, o jovem Mateus Guilherme, de apenas 18 anos, foi morto a golpes de facão em área por trás do Orgulho do Madeira.

Durante a operação, os policiais prenderam Rayan S. L., 26 anos, Lucas A. A., 19 anos, a sogra de Lucas, que estava com munições de pistolas calibre 380 e .40 em seu apartamento, além de prenderem também um cadeirante, que foi flagrado em seu apartamento com um revólver calibre 38 municiado. Todos os presos foram encaminhados para a sede da Delegacia de Homicídios para que fossem tomadas as medidas cabíveis ao caso.

O NOME DA OPERAÇÃO

A operação realizada na manhã de hoje recebeu tal nome em referência à passagem bíblica Efésios 5:6 que diz: “Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência”.

Orgulho do Madeira Orgulho do Madeira Orgulho do Madeira

Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email