Política

Semusa realiza vacinação para pessoas acima de 50 anos com comorbidades

A comprovação da comorbidade é obrigatória e deverá ser realizada no ato da vacinação, conforme recomendações do PNI.

Por Assessoria

quarta-feira, 19/05/2021 - 20:08
Semusa realiza vacinação para pessoas acima de 50 anos com comorbidades

Porto Velho abre, apenas nesta quinta-feira (20), das 9h às 16h, no Campus I da Faculdade Uniron, na Avenida Mamoré, zona Leste da capital, a vacinação por demanda espontânea para pessoas com comorbidades acima de 50 anos.

Segundo a gerente de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Elizeth Gomes, a vacinação por demanda espontânea está sendo realizada pelas particularidades da vacina da Pfizer, que atende este grupo: “Hoje nós recebemos mais um lote de Pfizer e com esse novo lote já estamos organizando atender um novo público, com isso, precisamos utilizar essas doses”, explica.

Hoje o município está atendendo pessoas com 50 anos ou mais, porém, com a chegada de 4.680 doses, a ideia é baixar a faixa etária para a partir de 45 anos.

As doses da Pfizer chegaram ao estado e ficam apenas com o município de Porto Velho por conta das características de armazenamento da vacina.

A Semusa reforça que, à medida que for recebendo novas remessas de imunizantes, irá convocar a população para receber a aplicação e que continuará organizando o fluxo através do SASI.

COMORBIDADES

São definidas como comorbidades, neste caso, as seguintes doenças: diabetes mellitus; hipertensão arterial sistêmica grave (de difícil controle e/ou com lesão de órgão-alvo); doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme e obesidade grave.

COMPROVAÇÃO

A comprovação da comorbidade é obrigatória e deverá ser realizada no ato da vacinação, conforme recomendações do PNI. Serão aceitos como comprovação de doença pré-existente: exames, receitas, relatório ou laudo médico, prescrição médica emitidos entre 2019 e 2021. Além disso, o cartão do BPC, hiperdia, documento oficial de identidade com a indicação da deficiência também servem como comprovantes, entre outros.

SEGUNDA DOSE

Além do uso de Pfizer para a primeira aplicação, nesta quinta-feira a Semusa continua com a aplicação de segunda dose de Cornavac, na Faculdade Fimca, da seguinte forma:

A Divisão de Imunização reforça que a imunização de Coronavac com a segunda dose acontece das 9h às 16h, sem a necessidade de gerar filas, já que todos que receberam a primeira dose nas datas estipuladas irão receber a segunda dose.

Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email