Polícia

Criminoso é preso após sequestro de mãe e bebê na zona sul; resgate era de R$ 8 mil

Uma guarnição da PM avistou um indivíduo caminhando pela Avenida Mamoré e tendo em vista ele ter as características do homem da foto no papel de parede do celular encontrado na caminhonete, foi realizada abordagem.

Por Lente Nervosa

segunda-feira, 17/05/2021 - 22:06 • Atualizado 18/05/2021 - 18:14
Criminoso é preso após sequestro de mãe e bebê na zona sul; resgate era de R$ 8 mil

Porto Velho, RO – Gabriel T. da N., 21 anos, foi preso no final da noite desta segunda-feira (17) após praticar o roubo de uma caminhonete Hilux levando sequestradas a motorista e a filha dela. O roubo aconteceu na zona sul e Gabriel foi preso na Avenida Mamoré, já na zona leste da capital.

Por volta das 19h45 a vítima, de 40 anos, estava levando sua filha de apenas 1 ano e sete meses para a casa de sua nora no Bairro Cidade do Lobo, porém, quando chegou ao local foi abordada por dois criminosos armados, que anunciaram o roubo e ordenaram para que a mulher não reagisse que nada de ruim aconteceria a ela ou sua filha. Os criminosos então fugiram rumo ao Orgulho do Madeira, onde buscariam um comparsa, mas desistiram e retornaram pela BR-364 para a zona sul da capital.

Um policial militar de folga ficou ciente do sequestro através de grupos de WhatsApp e juntamente com sua esposa e um amigo, também policial, deu voltas pelas imediações do bairro Monte Sinai quando avistaram uma caminhonete Hilux branca passando em alta velocidade, porém, não foi possível verificar a placa. Foi feito acompanhamento e ao notar que estava sendo seguido, o criminoso acelerou a caminhonete e só parou ao colidir em uma árvore e lixeira no final da Rua Maldonado. Após sair da Hilux, o motorista atirou contra o policial de folga, que revidou aos tiros. O suspeito conseguiu fugir pulando muros de residências e se embrenhando em área de mata.

Após perceber que somente o motorista estava na caminhonete, o policial se aproximou e encontrou um aparelho celular que tinha a foto de um homem no papel de parede. Várias guarnições da Polícia Militar, inclusive militares do Núcleo de Inteligência da PMRO realizaram várias diligências nas imediações no intuito de prender o criminoso. Mãe e filha foram abandonadas na Rua Magno Arsolino, próximo de onde iniciou o sequestro, sendo acolhidas por uma testemunha que lhes deu abrigo.

Uma guarnição da PM avistou um indivíduo caminhando pela Avenida Mamoré, próximo à Distribuidora Coimbra, e tendo em vista ele ter as características do homem da foto no papel de parede do celular encontrado na caminhonete, foi realizada abordagem. Constatou-se que o suspeito era Gabriel, o mesmo que praticou o roubo na zona sul da cidade. Gabriel confessou participação no assalto, mas não entregou a arma usada no crime e nem quis delatar que era seu comparsa. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a central de polícia.

Leia mais sobre: , , ,

1 Comentário

  1. Maria do socorro de Assis disse:

    Tem que mata esta peste não adianta prender não

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email