Rondônia

ATÉ QUANDO ALE/RO? Após ter salário bloqueado por dívida, deputado Geraldo da Rondônia surta, invade Energisa, agride funcionários e acaba imobilizado – VEJA VÍDEO

quinta-feira, 08/04/2021 - 13:08 • Atualizado 10/05/2021 - 21:37

O deputado Geraldo da Rondônia aprontou mais uma! Dessa vez, o parlamentar que é membro do Conselho de Ética da Assembleia Legislativa decidiu ir até a Energisa e tirar satisfação na porrada com funcionários.


De acordo com informações coletadas pela reportagem do JH Notícias, Geraldo da Rondônia está devendo aproximadamente R$ 1 milhão à Energisa, motivo pelo qual a empresa acionou o deputado juridicamente, conseguindo bloquear o salário do parlamentar e suas verbas rescisórias.


Indignado com a decisão da Justiça e mostrando mais um claro ato de descontrole psicológico, Geraldo da Rondônia foi até a empresa e acabou ofendendo e agredindo fisicamente funcionários, precisando ser contido com uma “gravata” dada por um membro da equipe da Energisa. Um Boletim de Ocorrência acusando o deputado por Lesão Corporal já está sendo confeccionado pelos trabalhadores agredidos.


Geraldo da Rondônia vem envergonhando a ALE/RO com atitudes desrespeitosas, agressivas e imorais desde que assumiu o segundo mandato. Condenado à prisão por sonegação milionária de impostos, ele vive um inferno pessoal e financeiro que nitidamente vem o levando ao descontrole e incapacidade de permanecer exercendo a atividade de representante do Poder Legislativo. 

 

Em menos de um ano, o deputado já foi acusado de bater em uma dançarina durante uma aglomeração com bebedeira na cidade de Ariquemes, também foi flagrado por fiscais da prefeitura de Ji-Paraná em outra aglomeração com bebedeira e recentemente acabou sendo filmado agredindo verbalmente um agente de trânsito no interior do Estado.

 

Em todos os casos, Geraldo utilizou do seu cargo de deputado na tentativa de intimidar as pessoas ao qual ele confrontava, claramente infringindo o Código de Ética Parlamentar. O fato é que Geraldo da Rondônia vem manchando a moral da ALE/RO que precisa urgentemente tomar uma atitude, como por exemplo, o andamento do processo de perda do mandato ou afastamento de Geraldo, com base nas claras infrações cometidas por ele.


Enquanto isso os deputados amargam a mancha de serem pares de um ser humano visivelmente transtornado, caso a caso se mostrando mais violento e perigoso à sociedade.

Fonte: JH Notícias 

Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email