quinta-feira, 22 de fevereiro de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Homem é alvo de ataque a tiros dentro de carro e morre na UPA leste

Conforme relatos apurados pela reportagem, Alessandro havia saído do presídio há pouco tempo e tinha ido na Unidade de Monitoramento Eletrônico da Segurança Pública (Umesp), para colocar tornozeleira de monitoramento.

O apenado identificado como Alessandro C. C., idade não informada, morreu na tarde desta quarta-feira (7), em decorrência de ataque a tiros sofrida enquanto ele estava dentro de um automóvel modelo Kwid, de cor preta, pertencente a uma motorista de aplicativo.

Publicidade

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi acionada com urgência na Avenida Jorge Teixeira entre a Avenida Calama e a Rua José Camacho, em frente ao Supermercado Irmãos Gonçalves, após informações de que havia um homem gravemente ferido por disparos de arma de fogo. A vítima foi atingida por vários tiros enquanto estava dentro do carro.

Rapidamente foi encaminhada ao local uma equipe de resgate realizados os primeiros socorros ao ferido, que foi socorrido às pressas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na zona leste, mas devido aos gravíssimos ferimentos sofridos, ele acabou não resistindo e morreu pouco tempo depois.

Conforme relatos apurados pela reportagem, Alessandro havia saído do presídio há pouco tempo e tinha ido na Unidade de Monitoramento Eletrônico da Segurança Pública (Umesp), para colocar tornozeleira de monitoramento.

Informações repassadas para a reportagem do Jornal Lente Nervosa, dão conta que momentos antes houve um ataque a tiros no cruzamento da Avenida Pinheiro Machado com a Rua Rafael Vaz e Silva e que o automóvel alvo dos tiros, efetuados por dois homens que estavam em uma moto, é do mesmo modelo e cor do carro em que estava o baleado em frente ao supermercado.

Publicidade

A denunciante informou que após o ataque a tiros, o motorista do veículo Kwid seguiu pela contramão na Rua Duque de Caxias e, possivelmente, tenha parado em frente ao supermercado para pedir ajuda.

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) já está ciente das informações e buscará imagens de câmeras de segurança da região para tentar identificar onde de fato foram efetuados os disparos, a placa da moto usada pela dupla e, principalmente, quem são os ocupantes da motocicleta usada no crime de homicídio.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.