domingo, 23 de junho de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Vacinação infantil contra a covid-19 é reforçada para atingir meta de imunização em Rondônia

Arlete Baldez salientou sobre a necessidade de aumentar a cobertura vacinal no Estado, ressaltando que, a covid-19 ainda representa um desafio de saúde pública, mesmo não sendo mais considerada uma emergência.

A vacina contra a covid-19 foi incluída no Calendário Nacional de Vacinação das crianças de seis meses a 4 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), passando a integrar na rotina de imunização dessa faixa etária. A alteração segue a definição do Ministério da Saúde (MS) e orientações da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), com o objetivo de ampliar a cobertura vacinal e reduzir as chances do público infantil de apresentar casos graves da doença, visto que, o imunizante é o principal meio de proteção à covid-19.

Publicidade

A Gerente Técnica da Vigilância em Saúde Epidemiológica da Agevisa, Arlete Baldez destacou a importância da vacinação infantil em Rondônia, definindo três faixas etárias para atendimento: crianças de 6 meses a 2 anos; 2 a 4 anos, e 4 a 11 anos, totalizando uma meta de 326 mil crianças a serem vacinadas.

Para crianças menores de 5 anos, são necessárias três doses: o intervalo entre a primeira e a segunda dose é de 4 semanas e de 8 semanas entre a segunda e a terceira dose. Embora a vacina contra a covid-19 não seja obrigatória, a gerente enfatiza sua importância como uma questão de cidadania e compromisso com a saúde pública.

DISTRIBUIÇÃO

A distribuição da vacina Pfizer pediátrica no Estado já ocorreu, sendo reconhecida como segura e eficaz para crianças de 6 meses a 5 anos. Arlete Baldez salientou sobre a necessidade de aumentar a cobertura vacinal no Estado, ressaltando que, a covid-19 ainda representa um desafio de saúde pública, mesmo não sendo mais considerada uma emergência.

Publicidade

O diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima destacou acerca da relevância da ação no Estado. “A oportunidade de doses é um benefício posto à disposição da população pelo Ministério da Saúde, que orienta um esquema vacinal completo. O apelo final é para que os pais levem suas crianças aos postos de vacinação, com o objetivo de garantir uma cobertura adequada”, evidenciou.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.