Esporte

Programa Talentos do Futuro continua com matrículas abertas para novos alunos em Porto Velho

O programa, coordenado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, funciona em cinco polos, sendo três na zona Leste, um na região norte e outro no setor Sul da cidade.

Por Assessoria

sexta-feira, 01/04/2022 - 17:59
Programa Talentos do Futuro continua com matrículas abertas para novos alunos em Porto Velho

O programa de iniciação esportiva Talentos do Futuro ainda dispõe de vagas no período da manhã e tarde para crianças e adolescentes na faixa etária de 6 a 17 anos. Idealizado pela atual gestão, o programa, coordenado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semes), funciona em cinco polos, sendo três na zona Leste, um na região norte e outro no setor Sul da cidade.

Conforme o coordenador do Talentos do Futuro, professor Erasmo Mesquita, atualmente o programa atende 938 alunos, mas a meta para este ano é de atender aproximadamente 1.800 alunos. As atividades esportivas são realizadas nas quadras do Poliesportivo Sérgio Siqueira Carvalho, bairro Esperança da Comunidade, Três Marias, na piscina olímpica Vinícius Danin (zona Leste), na quadra do Poliesportivo João Lima de Souza, bairro Nacional (zona Norte) e no ginásio Eduardo Lima e Silva, Dudu, na região Sul de Porto Velho.

Banner publicitário da Assembleia Legislativa

Durante as aulas, que acontecem pela manhã e à tarde, crianças e adolescentes, acompanhados de professores de educação física, praticam as modalidades de futsal, ginástica, capoeira, basquete, vôlei, handebol, natação, judô, xadrez, ballet, taekwondo e futebol de campo (campo do 13).

BENEFÍCIOS

Entre os benefícios da prática esportiva, Mesquita aponta a melhora da coordenação motora e do rendimento escolar. “As crianças quando praticam algo prazeroso, algo lúdico, tendem a melhorar em todos os níveis sociais, sem falar que a gente pode estar tirando essas crianças de um ambiente impróprio quando estão fora do expediente escolar”, comentou.

PROPÓSITO

O intuito do projeto, segundo o coordenador, é resgatar crianças que estão em risco social, dar uma oportunidade para que elas possam aprender a modalidade esportiva que escolherem e ao mesmo tempo se divertir de forma assistida.

A partir deste ano, o projeto vai implementar uma outra fase, com foco no rendimento dos futuros atletas. Nesse caso, as crianças que estão com bastante desenvoltura e melhoraram o seu desempenho esportivo, passarão para uma etapa mais avançada para que o rendimento delas se desenvolva ainda mais.

“Esse é um projeto da atual gestão e não existe nada parecido em nenhum lugar do Brasil. A gente doa desde o uniforme completo até a alimentação”, acrescentou o coordenador.

MATRÍCULAS

Para fazer a matrícula, os pais ou responsáveis devem procurar a sede da Semes ou a coordenação do polo mais próximo de casa e levar a documentação. A secretaria fica localizada na avenida Carlos Gomes, 2776, bairro São Cristóvão, esquina da rua Elias Gorayeb.

PAIS APROVAM

Mãe de um menino de 9 anos com espectro autista e que participa do Talentos do Futuro na quadra do ginásio Dudu, praticando handebol, Josete de Almeida Pereira afirma que o projeto ajuda o filho na socialização com outras crianças.

“Crianças autistas costumam ser muito fechadas, não tendo muitos ciclos sociais. Então esse projeto ajuda nisso, na interação com outras pessoas. Ele gosta e está sendo muito bom para o meu filho”, comentou.

O autônomo Henrique Macedo Santos colocou as duas filhas no projeto, uma de 6 e outra de 11 anos. Elas também treinam handebol no ginásio Dudu e, segundo o pai, estão evoluindo bastante.

“Já faz um ano que elas participam do projeto e eu vejo que elas fazem amizade fora da sala de aula, se importam com os colegas durante o treinamento. Então eu vejo que esse é um projeto fantástico e eu o estou indicando para outras pessoas”, destacou.

Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email