Polícia

IDENTIFICADOS – Motorista de aplicativo é amarrado após roubo e criminosos são presos; um foi baleado

Duas mulheres que tentavam resgatar um dos criminosos também foram presas pela polícia. Elas são irmã e esposa de um dos assaltantes.

Por Lente Nervosa

quinta-feira, 12/08/2021 - 02:53 • Atualizado 02:59
IDENTIFICADOS – Motorista de aplicativo é amarrado após roubo e criminosos são presos; um foi baleado

Um motorista de aplicativo passou por momentos de tensão nesta quarta-feira (11) após ser vítima de assalto por volta das 15h. Na situação, os criminosos Rodrigo T. da S., 21 anos e Lucas G. H. T., 22 anos, foram presos. Duas mulheres que estavam tentando resgatar um dos envolvidos também foram presas, além de um adolescente de 17 anos.

A reportagem apurou que um motorista de aplicativo recebeu solicitação em um bar na Rua Raimundo Cantuária próximo à Avenida Mamoré e no local Rodrigo e Lucas embarcaram no veículo. O motorista seguiu com os passageiros até próximo de um condomínio no Bairro Planalto, onde foi anunciado o roubo. O motorista foi obrigado a dirigir por várias ruas aleatórias e findou saindo na Estrada da Penal, na zona leste da capital. A vítima teve as mãos amarradas para trás e foi colocada no banco de trás do veículo.

Os suspeitos seguiram com o carro pela Estrada da Penal e posteriormente pela Linha 21 de Abril. Já próximo ao Anel Viário o motorista foi levado para dentro do matagal e os criminosos amarraram suas pernas. A vítima foi abandonada e os criminosos empreenderam fuga. Após alguns minutos a vítima conseguiu se soltar e pediu ajuda.

Já na parte da noite, uma guarnição do Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (Gape), avistou o veículo roubado transitando pela Estrada da Penal. O veículo estava sendo ocupado por três suspeitos e foi dada ordem de parada ao motorista, porém, ele desobedeceu e empreendeu fuga. O condutor entrou na Linha 21 de Abril e momentos depois parou o carro. Os ocupantes desceram e houve troca de tiros com a polícia. Um criminoso foi preso, outro baleado e um adolescente de 17 anos se embrenhou na mata. Após longa busca pelo local os policiais conseguiram deter o adolescente. Lucas foi atingido com um tiro na coxa esquerda e outro no tornozelo direito, sendo socorrido por uma equipe do Samu ao Hospital e Pronto Socorro João Paulo II.

Enquanto os policiais estavam realizando as buscas, duas mulheres em atitude suspeita foram abordadas. Questionadas sobre o que estavam fazendo ali, entraram em contradição e por fim confessaram que haviam recebido ligação telefônica do adolescente, que pedia para que elas fossem lhe resgatar. As mulheres são esposa e irmã de Rodrigo. Elas receberam voz de prisão e também foram levadas para a central de flagrantes.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email