Polícia

“mataria de novo”, diz suspeito após matar homem a facadas durante bebedeira na capital

Aos policiais, os suspeitos informaram que todos eles estavam ingerindo bebida alcoólica e durante discussão por cachaça, Jessoni pegou uma faca e partiu para cima de Mair.

Por Lente Nervosa

sábado, 07/08/2021 - 21:00 • Atualizado 22:04
“mataria de novo”, diz suspeito após matar homem a facadas durante bebedeira na capital

O crime de homicídio praticado contra Jessoni Santiago Barros, 47 anos, aconteceu no final da tarde deste sábado (07), na Rua Rio Candeias com Rua Rio das Garças, Bairro Nova Esperança, área norte de Porto Velho. Dois homens, sendo pai e filho, foram presos suspeitos do crime, sendo identificados como Thalisson R. da S. A., 23 anos e seu pai, Mair R. A., 47 anos.

Populares acionaram a Polícia Militar informando que no endereço supramencionado havia um homem esfaqueado, repassando ainda informações sobre as características dos envolvidos no crime. Quando os policiais estavam indo atender a ocorrência, avistaram Thalisson na Rua dos Oleiros. Ao avistar a guarnição da PM, o indivíduo tentou se esconder em um bueiro, mas foi preso. Mair foi preso logo em seguida, na Rua do Mamão, próximo de onde estava Thalisson.

Com os suspeitos presos, os policiais foram até onde estava a vítima Jessoni, o encontrando caído ao lado de um monte de areia, com perfurações de faca e sangrando bastante. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas quando chegaram ao local a vítima já estava em óbito.

Aos policiais, os suspeitos informaram que todos eles estavam ingerindo bebida alcoólica e durante discussão por cachaça, Jessoni pegou uma faca e partiu para cima de Mair. Houve luta corporal e Thalisson conseguiu tomar a faca de Mair, lhe desferindo duas facadas. Pai e filho foram presos e encaminhados para a central de flagrantes.

Na delegacia, Thalisson comemorou a morte de Jessoni dizendo “ainda bem que ele morreu”. O homem relatou ainda que se tivesse oportunidade, mataria Jessoni novamente.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email