Mundo

Estudo aponta que 3ª dose de vacina da AstraZeneca produz forte resposta imune

A pesquisa anunciada nesta segunda-feira analisou 30 participantes que receberam uma segunda dose tardia e 90 que receberam uma terceira dose.

Por Lente Nervosa

segunda-feira, 28/06/2021 - 15:30
Estudo aponta que 3ª dose de vacina da AstraZeneca produz forte resposta imune

Uma terceira dose da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca com a Universidade de Oxford produz uma forte resposta imune, disseram pesquisadores nesta segunda-feira, acrescentando que ainda não existem evidências de que essa dose de reforço é necessária, especialmente dada a falta de vacinas em alguns países.

O estudo da Universidade de Oxford mostrou que uma terceira dose da vacina aumenta as respostas imunes de anticorpos e de células T, ao mesmo tempo que a aplicação da segunda dose pode ser adiada para até 45 semanas após a aplicação da primeira e, ainda assim, levar a um aprimoramento da resposta imune.

O governo do Reino Unido diz que analisa planos para uma campanha de aplicação de doses de reforço no outono do Hemisfério Norte, com três quintos dos adultos já com as duas doses de vacinas contra Covid-19 aplicadas.

Estudos anteriores já mostraram que a vacina, inventada pela Universidade de Oxford e licenciada pela AstraZeneca, tem uma eficácia maior quando o intervalo de aplicação entre as doses é ampliado para 12 semanas, em vez de quatro semanas.

A pesquisa anunciada nesta segunda-feira foi divulgada em preprint, sem revisão de outros cientistas, e analisou 30 participantes que receberam uma segunda dose tardia e 90 que receberam uma terceira dose. Todos os participantes tinham menos de 55 anos.

Leia mais sobre: , ,

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email