Brasil

Fazendeiro e caseiro são presos suspeitos de ajudarem na fuga de Lázaro Barbosa – VÍDEO

Lázaro é suspeito de uma chacina em Ceilândia (DF) e pelo menos outros sete crimes, segundo a SSP-GO.

Por G1

sexta-feira, 25/06/2021 - 12:04
Fazendeiro e caseiro são presos suspeitos de ajudarem na fuga de Lázaro Barbosa – VÍDEO

A força-tarefa que procura por Lázaro Barbosa entra no 17º dia consecutivo de trabalho nesta sexta-feira (25) após duas pessoas serem detidas suspeitas de ajudar o criminoso a fugir. A região onde as prisões ocorreram tem cerco montado por policiais há mais de 17 horas. Policiais fazem buscas com apoio de cães e helicópteros.

A identidade dos detidos não foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), mas informações de membros da operação indicam que são um fazendeiro e um caseiro. Imagens mostram quando um deles é levado para a Delegacia de Águas Lindas de Goiás, no Entorno do DF.

Lázaro é suspeito de uma chacina em Ceilândia (DF) e pelo menos outros sete crimes, segundo a SSP-GO. A operação que procura pelo criminoso tem mais de 270 policiais empenhados.

O secretário de Segurança Pública, Rodney Miranda, ficou em torno de duas horas na manhã desta sexta-feira no local em que as buscas foram intensificadas. Outras equipes também chegaram ao local de buscas ao longo da manhã.

Por volta das 11h, o caminhão usado para melhorar o sinal entre os rádios usados pelos policiais foi levado da base de operações da força-tarefa para o cerco. O veículo, chamado de Estações Rádio Base (EBS), é equipado com uma torre de 15 metros de altura.

Desde as 15h de quinta-feira, quando o cerco se formou, estradas da região estão bloqueadas, inclusive, para o acesso de moradores. Chacareiros contam que precisam passar para alimentar os animais e ter informações de parentes.

Um morador da região que preferiu não se identificar contou que ficou esperando para entrar na chácara até as 22h de quinta-feira (23), não conseguiu passar e teve que dormir na casa de um amigo.

Presos
Segundo informações de participantes da operação repassadas à equipe da TV Anhanguera, os presos e policiais que participaram das prisões devem prestar depoimento aos delegados envolvidos na força-tarefa nesta sexta-feira.

O advogado Ilvan Barbosa se identificou às equipes de reportagem na porta da delegacia de Águas Lindas de Goiás como defensor dos dois presos e disse que seus clientes não confessaram ter ajudado Lázaro.

De acordo com ele, o fazendeiro, que tem 74 anos, é portador de câncer, está indo à propriedade alimentar os animais, mas não viu o procurado em momento algum. Já o caseiro, também segundo o advogado, viu uma pessoa na região que pode ter sido Lázaro.

Com os presos, a polícia apreendeu duas armas de fogo e mais de 50 munições. De acordo com as informações da força-tarefa, uma dessas armas foi roubada em um dos crimes de que Lázaro é suspeito. Os homens foram detidos em uma região de chácaras de Girassol, distrito de Cocalzinho de Goiás.

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email