Rondônia

Com ameaça de paralisação por falta de pagamento, Governo resolve pagar R$ 2,7 milhões em atraso para hospitais de Ariquemes

segunda-feira, 26/04/2021 - 18:38

Com a iminente ameaça de paralisação das UTIs dos hospitais São Francisco e Monte Sinai, em Ariquemes, por falta de pagamento e a demora na aprovação do realinhamento de preço conforme os índices inflacionários, o Governo de Rondônia resolveu agir e garantir o pagamento de R$ 2,7 milhões para as duas unidades. O Conselho Estadual de Saúde aprovou também o aumento da diária dos hospitais de R$ 1.600,00 para R$ 2.106,00. A notícia foi publicada pelo deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Alex Redano (Republicanos), em suas redes sociais.

Mais cedo, outro representante de Ariquemes, deputado Adelino Follador (DEM) encaminhou matéria à imprensa lamentando o fechamento das UTIs em pleno pico da pandemia do novo Coronavírus. Follador disse que há muito tempo vinha alertando o Governo sobre o problema, mas até aquele momento as partes não haviam chegado a um acordo. “Nesta segunda-feira falei, por telefone, sobre essa situação com o secretário adjunto da Sesau, Nélio Santos, e o chefe da Casa Civil, Junior Gonçalves, pedindo que tomem medidas urgentes, pois no memento que vivemos é inconcebível a paralisação dessas UTI’s, pois as consequências podem ser dramáticas e irreparáveis”, frisou o parlamentar. 


Fonte: Rondoniagora

Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email