segunda-feira, 27 de maio de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Criminosos que sequestraram gerente de banco queriam que ela retirasse até R$ 1 milhão da agência

Porto Velho, RO – O sequestro da gerente do Banco do Brasil, localizado na Avenida Mamoré, zona leste da capital, mobilizou diversas viaturas da Polícia Militar na manhã desta quinta-feira (04). Após ser feita refém com a família, a mulher teve explosivos colados ao corpo.

Publicidade

Conforme informações prestadas pelos delegados Marcelo Resem e Vinícius Lucena, da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio, o marido da gerente foi rendido quando chegava em casa, por volta das 23h de ontem (03). Os assaltantes entraram na casa e renderam a gerente com seus três filhos, todos menores de idade. Durante toda a madrugada a família foi ameaçada e ao amanhecer, os suspeitos colocaram supostos explosivos no corpo da gerente e ordenaram que ela fosse para a agência e retirasse do cofre, entre R$500 mil a R$ 1 milhão de reais.


Publicidade

Os criminosos afirmaram ainda que, caso a mulher acionasse a polícia, iriam detonar os explosivos e matar seu esposo e filhos, que haviam sido levados para o cativeiro improvisado na BR-364 próximo ao Igarapé Bate Estacas. A gerente foi para a agência, mas um vizinho suspeitou da movimentação e acionou a Polícia Civil.


A agência bancária foi cercada e, ao descobrirem que haviam sido descobertos, os criminosos abandonaram as vítimas do cativeiro e fugiram. Após certo tempo, os policiais constataram que os artefatos colocados na gerente eram falsos. A Polícia Civil segue nas investigações para chegar aos membros deste bando criminoso.

Fonte: Lente Nervosa

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.