quinta-feira, 20 de junho de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Haitiano foi morto por ter dado tapa na cara de homem durante discussão; homicida e comparsa foram presos

Porto Velho, RO – Momentos após do homicídio praticado contra Garry Price, 37 anos, ocorrido no início da tarde deste sábado (20), um policial militar a paisana conseguiu deter dois homens que haviam participado do crime. Garry foi morto a tiro na feira em que trabalhava, na Rua Nicarágua com Rua Raimundo Cantuária, Bairro Nova Porto Velho.

Publicidade

Adriano S. N., 20 anos e Elione R. S., 18 anos, chegaram ao local em uma motocicleta e Adriano, que trabalhava como flanelinha na feira, sacou arma de fogo e atirou contra Garry, que morreu antes de receber socorro médico. Após o crime, os suspeitos fugiram, mas foram abordados por um policial militar a paisana já na zona sul da capital. De pronto ambos confirmaram que haviam cometido o homicídio.

Conforme informou Adriano, no último sábado (13) ele se envolveu em discussão com Garry e acabou sendo agredido com tapa no rosto. Já na data de hoje, foi até a feira na companhia de Elione e assassinou seu desafeto. Os envolvidos no homicídio foram presos e encaminhados para a central de flagrantes.

Publicidade

Fonte: Lente Nervosa

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.