Rondônia

Jaruense de 33 anos morre após sofrer parada cardiorrespiratória depois de ser diagnosticado curado da Covid-19

quinta-feira, 21/05/2020 - 11:53

O jaruense José Salome Riquena, 33 anos de idade, faleceu nesta quarta-feira (20) no hospital Monte Sinai, em Ariquemes, depois de sofrer duas paradas cardiorrespiratórias.
Segundo informações, Riquena foi considerado paciente curado da Covid-19, chegando a ser internado no último mês de abril no Centro Médico de Doenças Tropicais de Rondônia (Cemetron) em Porto Velho, tendo sobrevivido mesmo sendo portador de doenças como doença renal crônica, diabetes e hipertensão arterial sistêmica.
José Riquena teria finalizado o seu tratamento e recebido alta com a cura da Covid-19 há cerca de duas semanas, mas na última terça-feira (19), ao realizar hemodiálise na Central de Dialise em Ariquemes, como já fazia há aproximadamente dois anos, apresentou descompensação clínica, com quadro de insuficiência respiratória durante o procedimento, o que teria resultado em quatro paradas cardiorrespiratórias. A equipe médica ainda tentou reanimar o paciente, que foi encaminhado a UTI do hospital Monte Sinai, onde ficou internado em estado grave até por volta das 22 horas desta quarta-feira, mas não resistiu e veio a óbito após sofrer mais duas paradas cardiorrespiratórias.
O corpo de José José Salome Riquena foi transladado para Jaru pela funerária Dom Bosco e deverá ser sepultado no distrito de Tarilândia.
Fonte: A Notícia Mais
Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email