terça-feira, 28 de maio de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Acusado de furto em boate, jovem é sequestrado, espancado e ameaçado de morte no Bairro Socialista

Publicidade
Porto Velho, RO – Três suspeitos foram presos na noite deste domingo (29) após o espancamento de ameaças de morte contra um jovem de 18 anos. As ameaças e agressões ocorreram em uma casa na Rua Borba, Bairro Socialista, zona leste da capital.
A guarnição da Polícia Militar foi acionada pela mãe da vítima, que reside no Bairro Socialista, sendo os policiais informados que três homens invadiram sua residência e sequestrado seu filho. A mulher não soube informar os motivos e nem para onde os desconhecidos levaram o rapaz. Momentos depois, a vítima chegou em casa bastante nervosa, afirmando aos policiais que no sábado (29) estava em uma boate localizada na Avenida Mamoré, Bairro Lagoinha, onde foi apontado como autor do furto de uma carteira de um homem identificado como Lucas M. de O., 21 anos. O rapaz conseguiu ir embora da boate sem mais problemas.
Já na noite de domingo, a vítima informou ainda que foi sequestrada e levada para uma casa no mesmo bairro em que reside, onde foi agredida e ameaçada de morte por diversas vezes, sofrendo pressão psicológica para que devolvesse a carteira a qual supostamente teria furtado. Em dado momento, Lucas afirmou: “tem que matar ele mesmo”. A vítima então ficou desesperada e acabou confirmando que praticou o furto da carteira, dizendo ainda que o objeto estava em sua residência. A vítima aproveitou distração dos agressores e conseguiu fugir, indo para sua residência, onde encontrou os policiais e relatou todo o ocorrido.
Durante os patrulhamentos na residência onde ocorreram as agressões e ameaças, os policiais prenderam, além de Lucas, Eduardo M. R., 19 anos e Enofre do N. B., 29 anos. Durante as diligências, os policiais encontraram várias porções de drogas, além de quase R$500,00 em espécie, sendo que os suspeitos informaram que o dinheiro era proveniente da venda dos entorpecentes. Lucas foi preso por cárcere privado, lesão corporal e ameaça, Eduardo por cárcere privado, tráfico de drogas e ameaça, e Enofre foi preso apenas por tráfico de drogas.
Fonte: Lente Nervosa
Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.