Rondônia

Sem equipamentos necessários, médico atua no João Paulo II com capa de chuva com medo do Coronavírus

domingo, 22/03/2020 - 14:38

Porto Velho, RO – A imagem que chamou atenção em diferentes redes sociais foi registrada neste domingo (22), no maior hospital e Pronto Socorro de Rondônia, o João Paulo II em Porto Velho, onde um médico, clínico geral foi visto atuando com uma capa anti-chuva, usada por motociclistas.
O fato aponta para o descaso com profissionais, servidores que atuam não só não JP II, mas em diversos locais do Estado sem equipamentos necessários, deixando-os desprotegidos com sérios riscos de contrair uma doença grave, dentre elas o COVID19-Coronavírus.
Relatos de pacientes denunciam que várias pessoas chegam ao pronto socorro com sintomas suspeitos do Coronavírus e são mandadas para casa, devido ao local não ter triagem, que possa realizar um atendimento preliminar.
As denúncias apontam ainda, que não há equipamentos individuais de uso necessário como: máscaras, luvas e álcool gel. A população assustada, pede que o Governo por meio da Secretaria de Estado da Saúde tome alguma atitude, antes que a epidemia ganhe outras proporções contamine um grande número de pessoas.
Nas últimas 48 horas, três casos foram confirmados no estado, sendo 1 em Ji-Paraná e os outros 2 em Porto Velho.

LEIA TAMBÉM – BOATOS – Moradora do Cristal da Calama não morreu vítima de Coronavírus

Fonte: JH Notícias
Leia mais sobre:

Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email