segunda-feira, 27 de maio de 2024
Search
Close this search box.
Publicidade

Suspeita de que triplo homicídio tenha ligação com divisão de bens de crimes

Umas das linhas de investigações da polícia para elucidar o crime de triplo homicídio ocorrido nesta terça-feira (20), é desavença entre um grupo criminoso que praticava inúmeros assaltos em Porto Velho e região.

Publicidade


De acordo com a Polícia Civil, o dono do sítio se trata de Marcos Albino Pereira de 31 anos, vulgo “Sapo da Zona Sul”, apontado como integrante de um bando que assalta bancos e outros estabelecimentos.

Há indícios que pode ter havido uma briga entre os criminosos por conta de divisão de bens adquiridos em roubos que resultou nas execuções. “Sapo” e mais dois amigos foram encontrados mortos nesta manhã (20), em um sítio na BR 364, próximo a um balneário, distante cerca de 10 km do centro da capital.

Uma equipe do IML removeu os corpos e as investigações seguem coma Delegacia de Crimes Contra a Vida.

Publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de

Não temos mais notícias para mostrar.